Para ajudar a categoria a analisar a proposta de remuneração apresentada pela Secretaria da Educação do Estado, o Sindicato APEOC detalhou em números todos os itens levantados. O objetivo é subsidiar os profissionais da Educação a avaliar com mais clareza os pontos apresentados. Veja a Proposta do Governo AQUI.

Item 1: Propõe ultrapassar os 80% do FUNDEB para valorização do Magistério.

Item 2: Propõe aumento a ser pago em Julho de 2016 da seguinte forma:

tabela01
  • APEOC
  • Twitter
  • Google+
  • Gmail

Item 3: Propõe a efetivação da DESCOMPRESSÃO DA CARREIRA com a publicação do DECRETO DE REGULAMENTAÇÃO DAS PROMOÇÕES, possibilitando aos professores ganho de 5% em Setembro deste ano e a promoção sem titulação (fim do embarreiramento) nos próximos. Além disso, a regulamentação garante a ANTECIPAÇÃO da PROMOÇÃO ESPECIAL para 5.000 professores do Nível I com ganho adicional de 5% em Junho.

Item 4: Compromisso de pagamento do Piso Nacional do Magistério em Julho, retroativo a Janeiro de 2016 da seguinte forma:

tabela02
  • APEOC
  • Twitter
  • Google+
  • Gmail

Item 5: Reafirma os compromissos com a melhoria da infraestrutura e manutenção das escolas, merenda escolar, PCE/PCA, portaria de afastamento, pagamento da ampliação definitiva, concurso público, reformulação da legislação de contratação temporária, Prêmio Aprender pra Valer, notebooks para estudantes e computadores para escolas, gratificação das escolas profissionalizantes, educação especial, tipificação das escolas, defesa dos royalties do pré-sal, melhorias no Issec, entre outros.

Item 6: Condiciona a efetivação das propostas ao término da greve.

Item 7: A reposição de faltas da greve será discutida em reunião entre Apeoc e Seduc.

  • APEOC
  • Twitter
  • Google+
  • Gmail

* 5.000 professores terão antecipação para Junho da promoção especial, do Nível I para o Nível J, com ganho adicional de 5%. Saindo de R$4.126,62 para R$4.458,36 a R$4.489,44, representando ganho total entre 8% e 8,8%.