O Sindicato APEOC e o Comando da Greve Geral da Educação realizam na madrugada desta terça-feira (31) um ato no Aeroporto Internacional Pinto Martins para pressionar os parlamentares cearenses, a caminho de Brasília, para votarem a favor dos trabalhadores nos projetos que ameaçam os recursos da Educação Pública. O ato começa às 5h no saguão de embarque do terminal.

O governo golpista de Michel Temer quer revogar as leis 12.351 (regime de partilha) e 12.858 (royalties do pré-sal), que asseguram verbas da exploração do pré-sal para a Educação Pública. O desmonte tem como objetivo entregar a exploração e a riqueza oriunda do pré-sal à multinacionais do ramo do petróleo, principalmente empresas norte-americanas.

A pressão sobre os(as) deputados(as) e senadores(as) cearenses é imprescindível para garantir que os projetos não sejam aprovados, primeiro na Câmara e depois no Senado. Os trabalhadores da Educação e os(as) estudantes precisam dar seu recado aos parlamentares e cobrar um posicionamento deles(as) nessa luta em defesa da Educação.