Os profissionais da Educação da Rede Estadual do Ceará decretaram Greve Geral da categoria durante assembleia realizada nesta quarta-feira (20), no Ginásio Esportivo da Parangaba, em Fortaleza. A paralisação por tempo indeterminado começa oficialmente na próxima segunda-feira (25), após o cumprimento do prazo legal de 72h depois da comunicação oficial da decisão da categoria ao Governo do Estado. O ofício foi entregue no Palácio da Abolição. Veja ofício AQUI.

A greve foi deflagrada após as negociações com o Governo do Estado não avançarem na definição do Reajuste Geral do Servidores de 2016. A data-base da categoria, que é 1º de janeiro, não foi respeitada. Os servidores reivindicam um aumento de 12,67% (10,67% de reposição da inflação de 2015 e 2% de ganho real). O Governo do Estado adiou por duas vezes o anúncio de um possível reajuste. A próxima data será dia 06 de junho.

Em vídeo, o presidente do Sindicato APEOC, Anizio Melo, convocou a categoria a se mobilizar durante a paralisação.

A pauta da categoria é ampla e abrange uma série de reivindicações relacionadas às condições estruturais das escolas, à manutenção de espaços e programas pedagógicos, à liberação de processos funcionais e, principalmente, ao reajuste geral da categoria de 12,67%. Desde o início da greve, já foram realizadas três rodadas de negociação com o Governo do Estado. O Executivo sinalizou o atendimento de boa parte da pauta dos professores e estudantes mas não avançou na negociação do reajuste geral, que só deve ser anunciado no dia 06 de junho. A data-base dos servidores estaduais é 1° de janeiro.

2016.0516.Assembleia.geral.900x
  • APEOC
  • Twitter
  • Google+
  • Gmail

A paralisação dos professores foi considerada ilegal pela Justiça e os efeitos da decisão do desembargador Durval Aires estão valendo desde a última segunda-feira (16), com cobrança de multa de R$ 3 mil/dia ao Sindicato APEOC e aplicação de falta aos professores. O Sindicato APEOC entrou com recurso para tentar cassar a liminar do magistrado no dia 12 de maio. Veja AQUIa explicação do advogado do Sindicato APEOC, Fabiano Aldo.

Agenda de Mobilização

  • 19/05 (Quinta) e 20/05 (Sexta): Mobilização nas escolas para garantir a inscrição dos estudantes no ENEM
  • 23/05 (Segunda): Grande Ato no Centro de Fortaleza – Concentração às 15h na Praça da Bandeira. Caminhada até à praça do Ferreira.
  • 24/05 (Terça): Reunião do Comando de Greve – 19h – CUT (Rua Solon Pinheiro, 915 – José Bonifácio)
  • 25/05 (Quarta): Assembleia Geral da categoria para definir os rumos do movimento.